domingo, 27 de dezembro de 2009

Nojiiiiiinho /eeeeewww

Bem, hoje é dia 26/12, um dia depois do Natal e eu ainda tô enjoada. Não, não tô grávida. E antes de me recomendar epocler, engov ou estomazil, tb te digo que não exagerei na comida ou bebida. Eu tô enjoada, ou melhor, enojada, com mais um ano de falsidade natalina.
As pessoas precisam entender que as entidades assistenciais existem o ano inteiro, e precisam de ajuda o ano inteiro. Precisam entender que o que dizem e fazem durante o ano não é esquecido simplesmente pq vc desejou feliz natal e deu um abraço falso em alguém. Tudo bem que as pessoas querem comemorar o dia santo e entrar o ano sem mágoas no coração, mas daí a fingir que esqueceu tudo porque é Natal, acho páia. E se é dia santo, porque devemos mentir e agir com falsidade? Tenho certeza que Deus não se agrada com isso, (Ele mesmo me contou isso quando eu fui tirar a foto pro banner, bjs). Tá na Bíblia, inclusive.
Outra coisa que acho meio chata é esse consumismo do Natal. Todo mundo quer mostrar pros outros o que tem, é um show de exibicionismo. Milhares de pessoas exibindo suas roupas novas e esbanjando comida nas ceias, se esquecendo que Aquele pelo qual celebramos (celebramos?) a data nasceu na pobreza. Tudo bem que Natal é como se fosse uma festa de aniversário (deveria ser, afinal é aniversário Dele), mas se Ele mesmo não nos disse que devemos compartilhar a comida e talz? Então por que não pegamos nossa comida da ceia (que sempre é muito mais do que conseguimos comer) e saímos distribuindo pra quem não tem? É fácil ser generoso com quem a gente conhece. Dar pra quem não precisa.
Não tô tentando pagar uma de santinha que faz tudo certo e conhece a Bíblia de cor, tô longe de ser tudo isso; só não concordo com essa coisa nojenta que as festas de Natal tão se tornando. Algo mesquinho, egoísta e elitizado. Até mesmo o sonho do presente do Papai Noel tem morrido mais cedo, porque até as crianças sabem que é o dinheiro que compra tudo.
Então, você aí, que leu essas palavras e concordou, vê se tira esse traseiro gordo da cadeira no próximo Natal e vai ajudar ao próximo, sem pensar em estar sendo um bom menino(a) e que papai e mamãe vão lhe dar presentes caros por isso.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Tá vendendo???

Olá caros coleguinhas que acompanham este humilde blog de opinião. Um tempão sem postar, né? Mas é que o que tem me feito querer gritar Why God Whyyy ultimamente não são coisas publicáveis xD.
Mas sim, vamos voltar ao assunto. Você já se viu parado no meio do trânsito, aqueeeeeeeeela fila e de repente alguem começa a buzinar? Existe algo mais irritante em engarrafamento do que buzina? Daí o infeliz que começou passa a ser seguido pelos outros milhares de motoristas insatisfeitos, como se buzinar fosse fazer a fila andar, como se o carro da frente tivesse parado porque o motorista dormiu ao volante. Acho um saco aquela coisa disforme desafinada de buzinas diferentes enchendo o ar. Pior: eh contra a lei buzinar assim sem mais nem menos, sem motivo nenhum. Dá vontade de sair do carro e gritar: ENFIA ESSA BUZINA NO MEIO DO SEU... SEU FILHO DUMA ...! Se já tá todo mundo super stressado com o trânsito, pra que dar mais dor de cabeça buzinando? E achar que isso tem que ser mais do que uma vez? Buzinar durante 50 longos minutos? É bem aquela estorinha: "um elefante incomoda muita gente, 56456456456456432123165465546 elefantes incomodam muito mais!" Imaginem 15k de trânsito e os veiculos buzinando?? Dá vontade de descer e perguntar: Tá vendendo?????