domingo, 18 de outubro de 2009

Pequenos Terroristas

Oláres povos! Realmente muito tempo sem postar nada aqui. Infelizmente posto bem menos aqui do que eu gostaria, mas anyway, vamos ao novo post xDDDDDDDDDD
Sabe o que realmente me deixa imensamente (advérbios modeON) furiosa? Crianças que os pais não controlam e começam a fazer escândalo. Sério mesmo. Não são irritantes?
Imagina você andando tranquilamente pelo supermercado, fazendo suas compras e talz, quando vê um minidevil desses esperneando com os pais pq quer a bolacha X e não a Y. E ai dos pais se não levar.
Ou você andando pela rua e a mini encarnação do Sadan na sua frente, que está sorrindo segurando a mão da mãe começa a gritar que quer sorvete. É de enlouquecer.
Seus pais, atônitos, fazem as vontades dos filhos mal educados, pra pararem de passar vergonha. Mal sabem eles que aí começa o plano de dominação familiar que esses pestinhas estão arquitetando. As crianças de hoje não são nem de longe parecidos com os bons filhos que fomos na idade deles. Jamaaaaaaais levantaria a voz pros meus pais, principalmente na frente dos outros. E não é pq naquela época não tinhamos acesso a jogos violentos e ao mundo de informação digital que temos hoje (não sou tão velha, bjs) mas creio que porque as familias deixaram de cultivar os valores fundamentais de respeito e aboliram aquela coisa hierarquica de os mais velhos mandam.
Why God Whyyy pra esses novos pais que se baseiam na psicologia moderna do "não bata e não puna e deixe seus filhos virarem pequenos marginais que te deixarão no asilo assim que você completar 60". Não que eu seja a favor de espancamentos, longe disso, sou muito contra a violência, mas não fazer nada e sucumbir às vontades das crianças tornando-os pessoas sem paciência e sem noção de nada é errado. Converse, eduque e faça-os entender que regras e limites devem ser respeitados, e educação existe pra ser usada, que o mundo não gira em torno de nós mesmos, e que os pais não vivem pra sempre e a sociedade lá fora pode te engolir num segundo se você continuar sendo a criança mimada e chata que tem sido.
Culpo 100% a familia nesses casos. Pais que não ficam em casa o dia inteiro e não participam da educação e dia a dia dos seus filhos e tendem a tentar suprir essa falta de presença e afeto com presentes deveriam ser mais punidos que os filhos. Não tente comprar o seu amor, não alimente o seu pequeno terrorista com mimos, lembre-se que ele poderá crescer arrogante e pensando que o mundo inteiro funciona para fazer as vontades dele. Imagine a decepção dele quando ele perceber que não...
E se suas conversas e todo o restante não funcionar, dê umas palmadas. Umas boas chineladas na bunda nunca mataram ninguém. Não que seja o correto, mas funcionava na nossa época.
Esse post nem é algo tão revoltado, é mais um desabafo sobre o que eu tenho visto acontecer em vários lugares, inclusive na família, e rezo e peço a Deus que eu não pague por isso daqui a alguns anos, com os meus filhos ahauhauahauahuahauha.
Enfim, dê amor aos seus filhos e faça-os crescer como pessoas de bem, e não o mime demais pra que ele cresça como o terrorista que foi na infância e acabe destruindo com o mundo pro seu bel prazer.